(Foto de equipe Bi-Campeã mundial de e-sports)

O E-Sports veio para ficar. A modalidade de competição profissional com jogos não é muito nova, mas cresce a cada ano

   As origens do esporte eletrônico estão, possivelmente, na Coréia do Sul, onde o e-sport é uma modalidade competitiva reconhecida oficialmente desde o ano 2000, e em alguns pontos da Ásia e Europa.

   De acordo com um estudo feito pela Newzoo em fevereiro, o mercado de e-Sports teve um crescimento total de 51,7% em 2016, arrecadando cerca de US$ 493 milhões (R$ 1.5 bilhão na cotação de 23/02/2017), o que equivale a em todo o mundo. A previsão para 2017 é que tanto a audiência quanto o lucro do setor cresçam ainda mais, podendo chegar a cerca de US$ 1,4 bilhão (R$ 4,2 bilhão) em 2020. A fórmula para se tornar febre mundial foi certeira: games populares com torneios que pagam grandes prêmios e jogadores que se tornaram celebridades. Não é preciso esforço para explicar os motivos que fizeram o e-Sport se tornar um dos gêneros de competição mais populares no mundo inteiro. Em três anos, a previsão é que a torcida de e-Sports poderá ser facilmente comparada à audiência de esportes “tradicionais”, uma vez que o estudo indica que crescimento será apenas três vezes menor do que campeonatos de basquete, por exemplo.

 Autor: Israel Bruno Silva de Oliveira

Traduzido de: https://newzoo.com/insights/articles/esports-revenues-will-reach-696-million-in-2017/

https://pt.wikipedia.org/wiki/Esporte_eletr%C3%B4nico

 

E-Sports: Os jogos que se tornaram esportes eletrônicos
%d blogueiros gostam disto: